O que é o POCUS (ultrassom no local de atendimento)?

Floating Doctors with patient on floor

A frase “ultrassom no local de atendimento” pode se referir a duas coisas relacionadas:

  1. A prática de médicos treinados utilizando o ultrassom para diagnosticar problemas onde quer que o paciente esteja sendo tratado (por exemplo, em uma maca ou leito, no chão, em uma ambulância ou helicóptero).
  2. Equipamento de ultrassom que é projetado com todas as funções tradicionais, mas que é resistente e pode caber logisticamente nesses ambientes de tratamento não tradicionais.

As portable ultrasound machines were introduced to the commercial market over the last 15 plus years, it has enabled providers to broaden their use of ultrasound beyond scheduled appointments to encompass new situations, like diagnosing internal bleeding in the emergency room versus having to perform a “blind” paracentesis and risking patient injury. It also enabled expanded use of ultrasound guidance allowing hospitals to address human errors that could cause catheter-associated bloodstream infections and iatrogenix pneumothorax; in fact, some hospitals have been able to eliminate iatrogenix pneumothorax and CLABSI incidences using POCUS.

Muitas especializações médicas agora incluem treinamento em procedimentos de ultrassom nas residências e programas de bolsas que possibilitam aos médicos realizar exames de ultrassom em tempo real em seus consultórios, diagnosticando a doença do paciente antes de permitir o tratamento.

Ultrassom no leito versus POCUS

Qual a diferença entre o “ultrassom no local de atendimento” e “ultrassom no leito”? Os dois termos estão relacionados, mas há uma pequena diferença entre os dois.

O “ultrassom no leito” é um termo antigo que descreve um uso possível das máquinas de ultrassom portáteis: o exame sonográfico dos pacientes, geralmente em uma unidade médica, no leito do paciente. O termo abrange o uso do ultrassom portátil, o que significa que o paciente não passa pela inconveniência de ter de se mover para uma cabine de radiologia para ser examinado.

O “ultrassom no local de atendimento” é um termo mais amplo que abrange muitas situações em que as máquinas de ultrassom portáteis podem ser usadas. Por exemplo, um paciente pode ser examinado com um ultrassom portátil enquanto está na ambulância a caminho de uma emergência. Ou o paciente pode ser examinado no setor de traumatologia após ser levado à emergência do hospital. Logo, “ultrassom no local de atendimento” indica que um ultrassom portátil pode ser transportado para onde o paciente está.