Toracocentese

HISTÓRICO

Durante os procedimentos de toracocentese, inserções de agulha múltiplas e posicionadas incorretamente podem aumentar o risco de efeitos adversos, includindo pneumotórax. O ultrassom á beira do leito possui uma variedade potencial de usos e pode melhorar a segurança nos procedimentos de inserção de agullha.

OBJETIVOS

Determinar se o uso de ultrassom durante toracocentese reduz o risco de pneumotórax, assim como estimar o uso dos recursos de saúde devido aos eventos de pneumotórax nos pacientes de paracentese.

MÉTODOS

Usando os dados disponíveis de 2007-2008, conduzimos um estudo de coorte observacional com a database automatizada Premier Perspective. A coorte incluiu os pacientes identificados como submetidos ao procedimento de toracocentese (através dos códigos ICD-9 e CPT) que não apresentaram um risco aumentado de pneumotórax devido à outras condições ou procedimentos. O uso do ultrassom foi determinado nos casos em que o paciente teve uma cobrança para ultrassom no mesmo dia de serviço como o procedimento de toracocentese. Os resultados de pneumotórax foram identificados através do código ICD-9. O risco ajustado de pneumotórax foi estimado usando uma regressão logística multivariada, controlando as variáveis de linha de base que alteraram o odds ratio (OR) para procedimentos guiados por ultrassom em >10%. O custo da hospitalização total da internaçõa hospitalar (LOS) foi estimada para pacientes com e sem pneumotórax usando a regressão multivariate ordinary least squares (OLS) de valores log-natural transformados e retransformados de volta à escala original usando a estimativa Duan’s smearing.

1United BioSource Corporation, Bethesda, MD, 2SonoSite Inc., Bothell, WA,3University of Southern California, Los Angeles, CA

RESULTADOS

Um total de 61.261 pacientes com toracocentese foram incluídos no critério do estudo. O grupo de comparação incluiu 26.838 (44%) pacientes usando o ultrassom 34.423 (56%) pacientes sem. A taxa geral de pneumotórax foi 2,7%. Após o ajuste para fatores confounding, o OR para pneumotórax foi 0,81 (95% CI: 0.74-0.90). Um aumento total do custo do pneumotórax foi de $2.752 (P<0.001) e LOS de 1,4 dias (P<0.001).

CONCLUSÕES

Nesse estudo, o uso de procedimentos guiados por ultrassom esteve associado a uma redução de 19% no pneumotórax seguido de toracocentese. Os eventos de pneumotórax resultou em aumento nos dias de internação hospitalar e aumento dos seus custos. Esse benefício na economia do uso do procedimento guiado por ultrassom não foi demonstradopreviamentoe em um estudo populacional geral e amplo.