Melhora na Qualidade da Assistência ao Paciente com o Uso do Ultrassom

Complicações de Pneumotórax Iatrogênico: Zero

O prestigiado Memorial Hermann Healthcare System alcançou o índice de complicação zero de pneumotórax iatrogênico por um ano. Saiba como conseguiram esse feito em vários de seus hospitais e oito de seus departamentos de emergência do hospital da comunidade. Saiba como o seu hospital também pode atingir complicação zero de pneumotórax iatrogênico .

Melhorar a qualidade dos cuidados e a segurança dos pacientes, enquanto economiza recursos

Vários estudos demonstram que a orientação do ultrassom melhora a taxa de sucesso e segurança dos procedimentos invasivos, incluindo inserção de CVC, paracentese e toracocentese. Evitar as complicações é bom não somente para o atendimento ao paciente, mas também reduz o custo geral do tratamento para os hospitais. Um estudo recente realizado pela United BioSource Corporation (UBC) demonstrou esta redução de custos. Dois outros estudos, apresentados no 2011 National Patient Safety Foundation (NPSF) Annual Meeting, mostrou economias significativas quando a orientação do ultrassom foi usada como parte do cuidado. Os maiores estudos de seu tipo, examinaram tanto paracentese e toracentese e encontraram menos complicações no grupo guiado por ultrasom, bem como redução de custos substanciais. Como exemplo, um único pneumotórax iatrogênico aumentou os custos hospitalares em mais de US$ 2.700 e uma única complicação de sangramento durante a paracentese aumentou os custos hospitalares em mais de US$ 20.000. Além disso, ambos os grupos com complicações tinham significativamente maior tempo de internação hospitalar. Leia mais abaixo sobre os benefícios econômicos e de segurança dos pacientes que receberam orientação de ultrassom na sua toracentese ou paracentese.

A Evidência é Convincente

A orientação por ultrasson em tempo real melhora significativamente a taxa de sucesso do procedimento de primeira passagem, melhora a segurança do paciente em um número de procedimentos com inserção de agulha, incluindo CVC, toracentese e paracentese.

Paracentese

gráfico paracentesis

Dos 69.859 pacientes submetidos a paracentese, com complicação de sangramento, os custos hospitalares aumentaram para cerca de US$ 30.000, quase o triplo do custo de pacientes sem uma complicação ($ 9.476) e o tempo de permanência hospitalar quase duplicou, passando de uma média de 5,2 dias em um paciente sem uma complicação de sangramento para uma média de 9,5 dias em um paciente com uma complicação. Leia o resumo paracentese

 

 

Toracocentese

gráfico thoracentesis

 

 

Dos 61.261 pacientes incluídos na análise que se submeteram a uma toracocentese, a orientação do ultrassom reduziu a incidência de um pneumotórax em 19%. Esta complicação aumentou o custo hospitalar de um paciente em US$ 13.784, em comparação com $ 11.032 de um paciente que não teve um pneumotórax. Além disso, o tempo médio de permanência hospitalar foi de 7,9 dias para um paciente com pneumotórax, contra 6,5 dias para um paciente sem a complicação. Leia o resumo toracocentese

Os estudos "Clinical and Economic Advantage of Ultrasound Guidance Among Patients Undergoing Paracentesis" e "Clinical and Economic Advantage of Ultrasound Guidance Among Patients Undergoing Thoracentesis" foram realizados pela United BioSource Corporation (UBC) para a SonoSite, uma organização global de assuntos médicos e científicos. Os pesquisadores do UBC Center for Epidemiology and Database Analytics utilizaram a base de dados nacional Premier Perspective® de prontuários hospitalares automatizados para acessar milhares de registros dos pacientes em mais de 600 hospitais de todo os EUA.

 

As Recomendações São Claras

Com base nesta evidência robusta, várias organizações governamentais e sociedades defendem a orientação por ultrassom:

  • AHRQ – Agency for Healthcare Research and Quality
  • NICE – National Institute for Health and Clinical Excellence
  • CDC – Centers for Disease Control and Prevention
  • American College of Surgeons
  • American College of Emergency Physicians
  • American College of Chest Physicians
  • American Board of Internal Medicine
  • Association for Vascular Access
  •  

Podemos Ajudá-lo a Diminuir as Complicações de Inserção de Cateteres no seu Hospital

A SonoSite está empenhada no atendimento de qualidade e realiza parcerias com os hospitais para alcançar esse objetivo. Para facilitar o processo, a SonoSite criou o Programa de Gerenciamento de Cateteres. Este programa baseado em evidências inclui as recomendações do AHRQ, CDC e IHI e aborda ambas as complicações mecânicas e infeciosas de cateteres venosos centrais, permitindo que seja diminuído:

A) Perfurações acidentais causando pneumotórax, hemotórax ou lesão da carótida
B) Infeções da corrente sanguínea associadas por cateter (CLABSI)

Para saber mais sobre o programa, ligue para 11.5574.7747