De Cético a Adepto

Dr. Matusic

A consciência crescente

Quando o Dr. Matusic começou a praticar medicina, o bloqueio e neuroestimulador sozinhos eram considerados as melhores práticas e uma taxa de sucesso de bloqueios de 85% era normamente aceita. "Eu estava usando apenas os meus próprios sentidos e o estimulador", diz ele. "Mesmo que eu tivesse uma taxa de insucesso de 10% a 15%, ainda estava fazendo melhor do que a maioria."

No entanto, quando ele se tornou um anestesista de bloqueio regional em 2010 e começou a realizar bloqueios ortopédicos exclusivamente no Advanced Surgical Hospital, reconheceu que mesmo uma taxa de insucesso de 10% seria inaceitável. "Não podemos permitir tantas falhas no bloqueio aqui porque temos leitos limitados e não podemos nos dar ao luxo de readmitir os pacientes com dor pós-operatória."

O Dr. Matusic notou um número de publicações em revistas divulgando os benefícios da orientação de ultrassom para a anestesia regional. Quando soube que seu mentor, Dr. Jacques Chelly, Director of the Acute Orthopedic Interventional Pain Fellowship at the University of Pittsburgh Medical Center, foi defendendo a técnica, ele decidiu aprender mais.

O Valor de Visualização

O Dr. Matusic fez um treinamento nas habilidades necessárias para usar o ultrassom no 2010 Ultrasound for Regional Anesthesia (USRA) Course. Logo depois, comprou um equipamento de ultrassom S-Nerve SonoSite, devido à sua mobilidade. "O S-Nerve é incrível. Eu nunca deveria ter hesitado em usá-lo", diz ele. "Porque estar satisfeito com qualquer falha no bloqueio, quando você pode evitá-lo por completo? Com ​​a visualização direta você pode realmente ver por que a falha está ocorrendo. Por exemplo, agora realizo bloqueios nervosos que seriam na maior parte impossíveis de serem feitos sem a orientação por ultrassom, como uma abordagem de canal adutor para o nervo safeno ".

Ele afirma ainda: "A satisfação do paciente melhorou tremendamente. Estamos recebendo referências e os cirurgiões dizem que é uma grande ferramenta de recrutamento."

Como muitos que já passaram de cético a adepto, o Dr. Matusic não é tímido sobre em compartilhar suas experiências. "Não sei se a prática teria prosperado, assim como é, sem orientação por ultrassom."

Benefícios de Assistência ao Paciente

O Dr. Matusic relata que o ultrassom permite guiar a agulha diretamente no feixe de nervos, observou os seguintes benefícios na assistência ao paciente, utilizando o seu S-Nerve para realizar bloqueios guiados por ultrassom:

  • A diminuição substancial de falha nos bloqueios
  • Bloqueios melhores e mais eficientes, com melhor resposta do paciente
  • Menos anestesia necessária
  • Menos dor pós-operatória
  • Uma diminuição da náusea pós-operatória e vómitos
  • Um aumento na satisfação do paciente (pontuação Press Ganey no intervalo de 90-100%)
  • Um aumento de encaminhamentos de pacientes de médicos associados a outros hospitais
  • Uma diminuição significativa na reinternações não planejadas

"Eu quase me senti um herói"

"Quando estava aprendendo a fazer bloqueios guiados por ultrassom, estava um pouco hesitante sobre minhas habilidades, especialmente com os pacientes mais difíceis", diz o Dr. Bryan Matusic. "Enquanto trabalhava em um paciente com uma circunferência extra-grande de pescoço, tentei fazer um bloqueio tradicional, sem ultrassom. O bloqueiio falhou."

"Durante a recuperação, o paciente estava com dor 10 grave, em uma escala de 10. Com a sua permissão, executei o bloqueio novamente usando o ultrassom SonoSite. Foi muito mais fácil inserir a agulha na posição e sua dor diminuiu de 10 para zero após a injeção. Ele ficou surpreso e incrivelmente aliviado, e, claro, eu também "