Anestesiologia

From reduced vascular puncture to increased patient satisfaction, there's really no reason not to use bedside ultrasound for anesthetic needle placements.

Injeções com agulha guiada por ultrassom

Os anestesiologistas com visão de futuro reconhecem as vantagens de usar a orientação do ultrassom para melhorar o atendimento, aumentar a eficiência e diminuir as complicações durante os procedimentos que necessitam posicionamento de agulha.

Porque um anestesiologista pode visualizar a agulha em tempo real por meio da tecnologia do ultrassom, as injeções têm uma maior chance de serem bem sucedidas com menos complicações. Isso contribui para uma maior precisão e eficiência durante os procedimentos como injeções em ângulos difíceis, bloqueios de nervos (bloqueio da extremidade superior, bloqueios neuroaxiais, bloqueios do nervo femoral, bloqueio do plexo braquial, bloqueio de dor regional a dor regionais) e epidurais.

Pesquisa

Um crescente corpo de pesquisadores apoia as vantagens de orientação por ultrassom para a anestesia regional. Por exemplo: a orientação de ultrassom em comparação com a estimulação do nervo periférico, foi demonstrado uma diminuição significativa do risco de punção vascular (taxa de risco de .16); um aumento da duração do bloqueio do nervo em 25%; e tempo de latência 29% mais rápido1.

Um estudo publicado na edição de junho de 2013 do Academic Emergency Medicine (AEM) Journal relatou que o bloqueio do nervo femoral guiado por ultrassom três-em-um reduziu significativamente a intensidade da dor ao longo de quatro horas e diminuiu a quantidade de analgesia de resgate, quando utilizado como um complemento ao tratamento padrão com opióides parenterais, para adultos idosos com dor decorrente da fratura de quadril. O mesmo estudo também descobriu que o padrão no gerenciamento da dor somente com opióides mostrou-se ineficaz na coorte do estudo com pacientes com dor intensa de fraturas de quadril2.

Produtos

S Series™/Equipamento de Ultrassom S-Nerve™

Projetado especificamente para os anestesiologistas e centro cirúrgicos movimentados, o S-Nerve pode ser fixado em uma parede, teto, ou estar disponível para acesso seguro. Seus controles simplificados são projetados para operação com uma única mão, e sua qualidade na visualização ajuda na confiança da imagem. Juntamente com o excelente serviço da SonoSite ao cliente, suporte clínico e educação contínua, o S-Nerve soma-se ao acesso total.

M-Turbo® Equipamento de Ultrassom

Um favorito em várias especialidades médicas, o M-Turbo oferece uma qualidade de imagem impressionante, com uma alta resolução de contraste e delineamento claro do tecido.

Edge® Equipamento de ultrassom

Equipamento portátil de última geração, apresenta algoritmos avançados de visualização, uma maior tela de exibição, teclado de silicone resistente à respingos e um núcleo sólido de alumínio.

Software de Visualização de Agulha

Uma opção que a SonoSite oferece para ajudar a garantir a precisão de injeções guiadas por ultrassom, é a Visualização Avançada de Agulha (VNA). Este algoritmo proprietário melhora o refletimento da agulha e contribui para a sua visibilidade durante abordagens em ângulo acentuado para estruturas profundas. O VNA usa um sinal dedicado com feixes de ultrassom altamente dirigidos e algoritmos de patente pendente, que identifica e extrai as informações agulha do tecido circundante automaticamente.

Triple Transducer Connect (TTC)

Este módulo muito prático permite a conexão de até três transdutores simultaneamente. Os anestesiologistas pode facilmente mudar de um transdutor para outro e ir de procedimentos superficiais a profundos, pressionando um botão (compatível com os equipamentos de ultrassom SonoSite, incluindo Edge, M-Turbo e Série S).

1Abrahams MS, Aziz MF, et al. Ultrasound guidance compared with electrical neurostimulation for peripheral nerve block: a systematic review and meta-analysis of randomized controlled trials. Br J Anaesth. 2009;102(3):408-17.

2Beaudoin FL,Haran JP, et al. A comparison of ultrasound-guided three-in-one femoral nerve block versus parenteral opioids alone for analgesia in emergency department patients. Acad Emerg Med. 2013 Jun ;20(6):584-91. doi: 10.1111/acem.12154.